A BASE-FUT tem como um dos seus objetivos promover o debate e a reflexão crítica sobre o mundo do trabalho. Nesse sentido, este é um espaço plural, acolhendo textos que podem ser divergentes mas têm em comum serem contributos de qualidade para essa reflexão.

Extrema direita cresce graças ao neoliberalismo

com Sem comentários

Na Suécia, país-estandarte da social democracia europeia, a extrema-direita xenófoba conquistou 17,5% dos votos em eleições realizadas nesta semana. Associando a sua raiva aos imigrantes, como acontece em diversas partes da Europa, dos EUA e até no Brasil, a razão do crescimento da direita radical pode não estar tão associada ao … Ler Mais

Como vai a participação dos trabalhadores em segurança e saúde do trabalho?

com Sem comentários

Paulo Alves é formado em sociologia e um dos investigadores do ISCTE que mais tem estudado em Portugal as questões da participação dos trabalhadores nos sistemas de prevenção e promoção da segurança e saúde dos trabalhadores, bem como o papel da negociação colectiva nesta questão.… Ler Mais

A luta pela reforma digna é uma luta de todos

com Sem comentários

  Aristides Silva teve uma intensa actividade sindical ,enquanto militante da BASE-FUT, desempenhando também nesta Organização na Região Norte  e a nível Nacional várias funções de animação política , cultural e sindical.Homem de ação e de reflexão continuou,já reformado, a sua actividade cidadã em vários projectos, nomeadamente na APRe-Associação de … Ler Mais

Propostas preocupantes no domínio da negociação colectiva

com Sem comentários

Depois de abordar as questões mais preocupantes contidas na proposta legislativa que decorre do último acordo laboral, Maria da Paz Cmpos Lima conclui:-«Em síntese, pese embora algumas medidas positivas muito limitadas, as grandes questões estruturantes da negociação coletiva continuam em cima da mesa e há que evitar novos problemas com … Ler Mais

Quem manda?

com Sem comentários

Por Brandão Guedes A recente demissão de Nocolas Hulot, ministro da ecologia e meio ambiente do governo francês coloca novamente o problema do cerco do poder económico ao poder político, esvaziando este de conteúdo democrático. Segundo o jornal Le Monde, Hulot denunciou em público  «a presença dos lobbys nos círculos … Ler Mais

Trabalho digno e crescimento económico

com Sem comentários

Fez agora um ano que o Grupo de Trabalho (GT) – Trabalho Digno e Crescimento Económico foi constituído no âmbito do Roteiro – Cidadania em Portugal, promovido pela Secretaria de Estado para a Cidadania e a Igualdade e operacionalizado no terreno pela Animar-Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Local. Um trabalho … Ler Mais

População organizada no Baldio do Vale da Trave-Alcanede

com Sem comentários

Por Avelino Pinto A gestão do Baldio do Vale da Trave pela assembleia de compartes começou em 2006, quando a população propôs à autarquia que gerisse os baldios prestando-lhe contas, ou que eles voltassem a ser geridos pela comunidade, o que aconteceu, pois a Junta que os administrava e recebia as retribuições … Ler Mais

Por uma economia social e solidária-democrática e comunitária

com Sem comentários

   Este texto  faz parte do  trabalho de Mestrado em Educação e Intervenção Social no âmbito do Mestrado em Educação e Intervenção Social da Escola Superior de Educação do Porto assinado por José Ricardo, Coordenador do Centro Social de Soutelo,Gondomar, uma das Associações de Solidariedade Social mais inovadoras da Região. … Ler Mais

Maria da Paz Campos Lima: «banco de horas» acrescentou um problema a outros problemas!

com Sem comentários

«O que se designa por banco de horas acrescentou um problema aos problemas gerados por outras formas de flexibilidade da gestão do tempo de trabalho. Para além da carga horária excessiva de trabalho que a legislação permitiu desde o seu início (em Portugal desde 2009), esta não é paga como … Ler Mais

Combate à precariedade.Não houve consenso na concertação social

com Sem comentários

Maria da Paz Campos Lima é socióloga e investigadora do ISCTE-UIL.É uma das pessoas que em Portugal mais tem estudado e escrito sobre a questão das relações laborais e, em particular, da contratação colectiva.Mais uma vez lhe pedimos um contributo agora sobre as alterações ao Código do Trabalho que estão … Ler Mais

Ofensiva capitalista à economia social

com Sem comentários

Por Pierre Marie O sector da Economia Social cobre realidades cada vez mais díspares. Objecto de engenharias neoliberais que afectam os seus princípios e modos de funcionamento, revelou-se permeável a desvios que vão dos ataques ao emprego com direitos para os seus trabalhadores até à corrosão das funções sociais do … Ler Mais

O sindicalismo é uma forma eficaz de promover a justiça!

 O Sindicalista Joaquim Mesquita é membro da Comissão dos Assuntos do Trabalho da BASE-FUT e trabalha numa empresa multinacional do ramo alimentar no Distrito de Aveiro.Tem larga experiência como militante social, nomeadamente nos movimentos operários católicos e mais recentemente no poder autárquico.Na CGTP, para além da Comissão Executiva, desenvolve com … Ler Mais

Fundação João XXIII -um papel único na formação de animadores e na solidariedade

A Fundação João XXIII/Casa do Oeste, tem sido um viveiro de animadores cristãos e de outros animadores e dirigentes do associativismo rural e social.É uma entidade criada antes do 25 de Abril, sendo uma referência para várias gerações de militantes católicos .A sua sede e respectivos serviços, na Lourinhã, foi … Ler Mais

Forças de Segurança com mais segurança e saúde no trabalho?

  Por A.Brandão Guedes O livro “Os polícias não choram” do autor Miguel Oliveira Rodrigues dá conta de que a taxa de suicídios na PSP e GNR quase duplicou nos últimos 19 anos. No total, foram 143 profissionais que se suicidaram, seis dos quais em 2018. No passado dia 18 … Ler Mais

Fátima Almeida-a luta pela terra, teto e trabalho!

Faz agora um ano que Fátima Almeida foi eleita Presidente do Movimento Mundial dos Trabalhadores Cristãos (MMTC).A Fátima foi uma operária têxtil do norte de Portugal  sendo vários anos Coordenadora Nacional da Liga Operária Católica/Movimento de Trabalhadores Cristãos (LOC/MTC), com uma larga experiência militante no mundo do trabalho.Participa em várias … Ler Mais

Robótica e trabalho:uma relação pouco estudada!

O Professor António Brandão Moniz publicou recentemente o livro «Robótica e Trabalho», obra aqui referida por nós, dada a importância da temática abordada.O conhecido investigador aceitou responder a uma questão que se foi formando no nosso espírito ao lermos o referido livro e que formulamos da seguinte maneira: «No seu … Ler Mais

A população cigana continua muito associada ao preconceito

 Liliana Freire é licenciada em Ciências da Educação e, para  além da actividade profissional , é voluntária pelo Movimento Apostolado de Adolescentes e Crianças no bairro da Bela Vista em Setúbal desde 2009. O movimento pretende dar voz e protagonismo às crianças e jovens dos meios mais desfavorecidos. Actualmente acompanha … Ler Mais

A mais recente crítica do Papa Francisco ao capitalismo

O economista brasileiro Luís Gonzaga Belluzo fala sobre documento do Vaticano assinado pelo Papa Francisco no passado mês de maio.No decorrer da entrevista refere ainda  outros documentos sobre as matérias económicas e financeiras salientando algumas semelhanças entre as críticas do Papa Francisco e de Marx. O que está exposto no … Ler Mais

Debates da OIT sobre o futuro do trabalho

O futuro do trabalho é o tema central dos debates  do centenário da OIT (1919).Nesse âmbito foi criada em 2017 a Comissão Mundial sobre o Futuro do Trabalho.Os seis grupos de trabalho formados pela referida Comissão centraram-se sobre um conjunto de notas informativas muito interessantes e da maior actualidade, tais … Ler Mais

Greve dos professores?Não,obrigado!

Uma greve dos serviços públicos é sempre uma greve impopular!As greves dos professores são particularmente impopulares porque afectam  não apenas as crianças e os jovens mas também os pais que  ficam apreensivos porque não sabem o que fazer com os filhos enquanto trabalham. Todavia, reconhecer esta realidade não significa concordar … Ler Mais

O “Aquarius” é um triste sintoma na UE!

O que actualmente se passa  com o navio “Aquarius” é arrepiante! São 629 pessoas, incluindo onze bebés e sete grávidas, no mar à espera de um porto de abrigo na UE! Centenas de pessoas que fogem da guerra e da fome e querem um pouco de aconchego e de paz! … Ler Mais

Economia digital no programa de formação EZA

Os seminários internacionais promovidos pelos centros EZA para o mês de julho têm como uma das grandes preocupações o trabalho numa economia digital.Aliás,os eixos principais do programa daquela rede europeia de formação,à qual pertence o Centro de Formação e Tempos Livres da BASE-FUT, são:Novas relações laborais;Trabalhar e viver num mundo … Ler Mais

Assédio moral no trabalho-conhecer para prevenir!

O assédio moral no trabalho tem vindo a ser associado a uma série de problemas de saúde. Sendo um processo continuado tem um impacto em termos sociais, psicológicos e psicossomáticos não apenas nas vítimas mas também nas suas famílias e até nos colegas de trabalho que dele são testemunhas. Afetando … Ler Mais

Novo acordo laboral não serve a parte mais frágil!

  Por Américo Monteiro* E não se fala de outra coisa. Este governo, as quatro (4) associações patronais e uma certa Central Sindical, mais uma vez chegaram a um acordo de concertação social. Os trabalhadores que não são pessoas de memória curta, recordam-se que exceptuando o governo, estes parceiros sociais … Ler Mais

A legislação laboral vai ser melhorada?

Chegou o tempo para as decisões relativas à legislação laboral, ou seja, à introdução de possíveis alterações ao Código do Trabalho. O governo, após apresentar as suas propostas,procura um acordo que, a existir, será com algumas entidades patronais e a UGT. Posteriormente na Assembleia da República o PSD e o CDS apoiarão ou não hostilizarão um tal acordo que será certamente um mal menor para as entidades patronais. Um ou outro aspecto poderá ser aprovado ou consentido pelos partidos de esquerda.… Ler Mais

Olhar o futuro do trabalho

com Sem comentários

Nos últimos anos assiste-se a uma crescente desregulação laboral, cujas principais consequências fazem-se sentir especialmente na facilidade hoje dada aos despedimentos e da fácil aceitação da opinião dos empresários por muitos dos governantes. Várias perguntas nos urgem no presente a negociação coletiva estará a ser ultrapassada? Será que esta já não serve os seus objetivos? Ou há outra razão. É preciso voltar a entender para onde nos estão a empurrar e como inverter este caminho. Vamos precisar de refletir muito e prevenir como ser o de fazer a antecipação do futuro que certamente precisa de mobilização no que queremos ou seja mais digno e justo.… Ler Mais

Junta-te à BASE-FUT!